background img

The New Stuff

Justiça de São Paulo condena a Rede Tv é a marca de refrigerantes Dolly a pagar indenização á Coca-Cola


Rede Tv é a marca de refrigerantes Dolly foram intimados a
pagar um valor de R$ 2 milhões
O Tribunal de Justiça de São Paulo, por meio de duas decisões diferentes de segunda instância, condenou as empresas Ragi Refrigerantes (responsável pelo engarrafamento e comercialização dos refrigerantes Dolly), Detall-Part Participações (detentora da marca), o sócio da Detall, Laerte Codonho, e a Rede TV a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 2 milhões à Coca-Cola. Cabe recurso das decisões.
De acordo com o tribunal, em uma das ações, as empresas teriam feito campanha difamatória contra a Coca-Cola em diferentes veículos de comunicação, como no jornal americano “The Wall Street Journal”, no  jornal “O Pasquim” e no programa “Repórter Cidadão”, veiculado na Rede TV. Os réus também teriam feito campanha em outdoors com os dizeres: “Coca Cola contém folha de coca? É ilegal? A Coca Cola está acima da lei? Dolly”.

O relator do recurso, desembargador Francisco Loureiro, afirmou, em nota, que as provas juntadas ao processo comprovam que o objetivo dos réus foi o de explorar denúncias de irregularidades envolvendo a empresa Coca-Cola "para atingir sua imagem perante o público consumidor e, de forma reflexa, incrementar as vendas dos refrigerantes Dolly".

Procurada, a Rede TV disse que não comenta assuntos jurídicos. A Dolly foi procurada, mas ainda não se pronunciou. O empresário Laerte Codonho não foi localizado. As informações são do Jornal A Tribuna.

Postar um comentário

Postagens populares